Entendendo o nosso trabalho

foto por: Adriel Kloppenburg on Unsplash

Ter uma noção clara do que seja o Reino de Deus, do que seja a Sua vontade e compreendermos que desde os tempos eternos Ele planejou tudo isso e que não se trata de vir corrigindo as coisas, mas sim, conduzindo tudo ao realizar e revelar do Seu plano para nós.

Fomos e somos chamados, pela graça de Deus por meio da fé em Cristo, para revelarmos o Reino neste mundo, para vivermos a Sua vontade e para fazermos da nossa vida uma oferta em favor das pessoas, assim como o Senhor fez em nosso favor.

Jesus, falando com os Seus discípulos em João, capítulo quatro, versículo trinta e dois: “Jesus respondeu: — Eu tenho para comer uma comida que vocês não conhecem.” (João 4.32, NTLHE). E sobre esta comida Ele afirma, no versículo trinta e quatro: “ — A minha comida — disse Jesus — é fazer a vontade daquele que me enviou e terminar o trabalho que ele me deu para fazer.” (João 4.34, NTLHE). E sobre este trabalho, que traduz a vontade do Pai, Ele, no versículo trinta e cinco, diz: “Vocês costumam dizer: “Daqui a quatro meses teremos a colheita.” Mas olhem e vejam bem os campos: o que foi plantado já está maduro e pronto para a colheita.” (João 4.35, NTLHE).

Não temos outro trabalho, outro propósito, outra coisa para fazer que não a vontade de Deus. E ela está no fato de revelarmos o Seu reino, sermos a carta viva, o bom perfume de Cristo, Seus imitadores e conduzirmos as pessoas ao conhecimento do Pai. Todo o resto, todas as outras coisas são meios para realizarmos o Seu propósito, por isso, temos que entender que precisamos fazer da nossa vida uma oferta em favor das pessoas, agindo com compaixão, pois este é o nosso trabalho.

Anúncios