Submissão e obediência a vontade de Deus

Compreendermos a importância da submissão a Deus e a obediência a Sua vontade é fundamental para fazermos das nossas vidas uma oferta para o cumprimento do propósito de Deus e experimentarmos da verdadeira vida. Quando não há a submissão e nem a obediência estamos vivendo para os nossos interesses e não experimentaremos a boa, perfeita e agradável vontade do Pai.

O nascimento de Jesus não foi diferente disto e requereu de José a submissão e obediência, pois ao saber que Maria estava grávida, fez planos de deixa-la, mas ao compreender a vontade de Deus, se sujeitou.

Podemos ler sobre isso em Mateus no capítulo um, versículos dezoito e dezenove: “Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: estando Maria, sua mãe, desposada com José,  sem que tivessem antes coabitado, achou-se grávida pelo Espírito Santo.  Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo  infamar,  resolveu deixá-la secretamente.” (Mateus 1:18-19, BEARA).

Então, ao estar fazendo estes planos, aparece-lhe um anjo e fala sobre o plano de Deus e o que ele deveria fazer, como está nos versículos vinte e vinte e um: “Enquanto ponderava nestas coisas, eis que lhe apareceu, em sonho, um anjo do Senhor,  dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus,  porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.” (Mateus 1:20-21, BEARA). Logo que despertou do sono, o que fez José? Podemos ler no versículo vinte e quatro: “Despertado José do sono, fez como lhe ordenara o anjo do Senhor e recebeu sua mulher.” (Mateus 1:24, BEARA).

Em José, temos este exemplo de submissão e obediência à vontade de Deus e é este tipo de coisa que precisamos aprender. Mas, temos que ter consciência e entendimento, pois se pensasse somente em si próprio, não teria obedecido, como muitas vezes fazemos e estando conscientes do que precisamos realizar. Precisamos aprender, pois ele não só obedeceu, mas por meio da sua ação e obediência, viabilizou todo o plano e propósito de Deus, quando deixou de pensar em si, ele agiu em favor da humanidade para que todos nós pudéssemos alcançar a salvação.

Anúncios