Abandonar as coisas fúteis

Não podemos nos prender a religiosidade e nem no que parece ser importante, mas não tem valor algum quanto a eternidade. Precisamos focar no que é importante: no reino de Deus e Sua vontade.