Agindo como os gerasenos

Testemunhar e revelar o Reino

foto por: alexandra marcu em Unsplash

Conhecer e compreender o poder de Deus, o Seu operar nas vidas, conduzindo a transformação de entendimento, a libertação que pode propiciar é que nos leva a nos submetermos ou a rejeitarmos. Nos submetemos quando compreendemos que é tudo que precisamos, rejeitamos, quando entendemos que temos que abandonar tudo que provem do pensamento e da forma de agir segundo a natureza humana.

O testemunho de um povo que rejeitou o que Cristo poderia fazer por eles e a transformação que poderia conduzir é a dos gerasenos que pediram a Ele que se retirasse do seu meio como está no capítulo oito, do versículo trinta e cinco ao trinta e sete: “Então, saiu o povo para ver o que se passara, e foram ter com Jesus. De fato, acharam o homem de quem saíram os demônios, vestido, em perfeito juízo, assentado aos pés de Jesus; e ficaram dominados de terror. E algumas pessoas que tinham presenciado os fatos contaram-lhes também como fora salvo o endemoninhado. Todo o povo da circunvizinhança dos gerasenos rogou-lhe que se retirasse deles, pois estavam possuídos de grande medo. E Jesus, tomando de novo o barco, voltou.” (Lucas 8.35-37, BEARA).

Como temos agido e nos posicionado? Buscamos a vida e sua plenitude para expressarmos e revelarmos o Senhor? Ou o que temos buscado são os valores deste mundo: riquezas, deleites e prazeres e temos medo do processo de mudança e transformação que Deus deseja realizar em nós?

Somente conhecemos o Seu poder e expressamos a plenitude de Cristo quando rejeitamos tudo que procede da natureza humana e nos submetemos a Ele para que nos conduza em toda a Sua vontade, ensinando-nos a rejeitar as paixões e prazeres desta vida em favor de valores eternos que O revelam e as Suas virtudes sem medo do processo e do resultado para sermos testemunhas em todos os lugares, começando em nossa casa.

Anúncios