Um ser espiritual

Uma nova criatura, um ser espiritual

foto por: Marion Michele em Unsplash

Fomos chamados por Deus, eleitos segundo a Sua vontade, feitos novas criaturas, recebemos um novo coração, somos seres espirituais, inseridos na Sua família, não fomos chamados para andar segundo a carne, mas o Espírito.

Paulo escrevendo aos Gálatas sobre isso no capítulo cinco, versículos dezesseis e dezessete afirma: “Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne. Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer.” (Gálatas 5.16–17, BEARA).

O que significa andar no Espírito? Por que é importante não fazermos o que é do nosso querer? São estes aspectos que precisamos entender. Não podemos andar segundo a sabedoria deste mundo,o pensamento natural, mas fomos feitos seres espirituais, criados em Deus, segundo o Seu coração. Fomos feitos à imagem de Cristo, recebemos da Sua mente para vivermos e andarmos como Ele.

Como devemos andar? Revelando o fruto do Espírito, que é derramado em nossas vidas. Este não procede de nós, mas de Deus, e sobre o fruto do Espírito podemos ler nos versículos vinte e dois e vinte e três: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” (Gálatas 5.22–23, BEARA).

Temos e precisamos entender que não satisfazer a carne é não andarmos pelo pensamento natural, mas segundo a vontade de Deus, manifestando o fruto do Espírito que nos conduz na vontade do Pai, trata-se de uma condição de fé, de jornada, perseverança e diligência no realizar e do ofertar nossas vidas em favor dessa vontade.

Anúncios