Antes da vinda do Senhor

foto por: Wes Hicks em Unsplash

Queremos sempre saber sobre a vinda do Senhor, nos preocupamos muito com  teorias e ensinos onde não conseguimos compreender, pela dificuldade de tradução, mas, não importa se não conseguimos entender o que foi escrito, por não haver conhecimento do tipo de escrita, mas temos que entender que o Senhor virá, que haverá certos eventos, e que devemos andar como Seus filhos, santificando-O e revelando-O, para não sermos achados desapercebidos e pegos de surpresa.

Paulo fala sobre o aparecimento do iníquo que este homem do pecado se opõe a tudo que se levanta e que se chama Deus, como está na segunda carta aos irmãos de Tessalônica, capítulo dois, versículos três e quatro: “Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus.” (2Tessalonicenses 2.3–4, BEARA). E o que precisamos entender também, que este mistério já opera, como está no versículo sete: “Com efeito, o mistério da iniquidade já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém;” (2Tessalonicenses 2.7, BEARA) .

Já aconteceu com a destruição de Jerusalém no primeiro século? Ou é algo que deverá acontecer? Faz diferença? Não!! O que faz diferença, então? Entendermos que não se trata do que irá acontecer, mas se estamos prontos para o que virá e honraremos ao Senhor em toda situação. O inferno não foi feito para a raça humana, mas para o Diabo e seus anjos. Temos que compreender que fomos salvos, reconciliados, para que revelemos o Reino e como cristãos, possamos tirar as pessoas do inferno e conduzi-las a conhecerem Cristo.

Anúncios