Como na época do dilúvio

Como na época do dilúvio

foto por: Eutah Mizushima em Unsplash

 

Jesus ensinando sobre a Sua volta, em Mateus, capítulo vinte e quatro, do versículo trinta e sete ao trinta e nove afirma:

“A vinda do Filho do Homem será como aquilo que aconteceu no tempo de Noé. Pois, antes do dilúvio, o povo comia e bebia, e os homens e as mulheres casavam, até o dia em que Noé entrou na barca. Porém não sabiam o que estava acontecendo, até que veio o dilúvio e levou todos. Assim também será a vinda do Filho do Homem.” (Mateus 24.37–39, NTLHE)

O que de fato Jesus está nos ensinando? Que muitos serão pegos de surpresa por não buscar o entendimento ou por desprezar o que está sendo ensinado, isto é: escuta, mas não ouve. Nós somos chamados para conhecer a vontade de Deus, andar nessa vontade, estarmos sempre prontos para a volta do Senhor, como um servo fiel que honra ao seu senhor, fazendo o que lhe é pedido.

Não podemos nos deixar envolver pelas coisas dessa vida, por suas preocupações, nem corrermos atrás de nossos sonhos, nem dos nossos desejos e na satisfação dos nossos prazeres, mas como filhos de Deus, aproveitando cada oportunidade, onde estivermos e no que estivermos fazendo, precisamos ser luz, revelarmos a vontade de Deus por meio das nossas vidas, conduzindo as pessoas ao conhecimento de nosso Deus, estando sempre prontos para a Sua volta.

Vivermos como as pessoas viviam na época do dilúvio é continuarmos na ignorância da vontade de Deus, na falta de entendimento do que está à nossa volta e insistirmos em corrermos atrás dos nossos sonhos e não do conhecimento da vontade do Pai para nós.