A maneira de viver e agradar a Deus

foto por: Boris Baldinger em Unsplash

Somos chamados para viver de maneira digna do Reino, vivermos de forma a agradarmos a Deus. O que significa isso? Precisamos entender que não se trata de nada etéreo, nada espiritual, mas, a maneira como vivemos o nosso dia a dia e como nos relacionamos com as pessoas, pois precisamos entender que Deus nos fez um ser espiritual para que pudéssemos nos empenhar para vivermos na plenitude de um ser humano que Ele planejou.

Paulo em sua primeira carta aos irmãos de Tessalônica, afirma no capítulo quatro, versículo um, que precisamos andar de modo digno, da forma como agrada a Deus:  “Finalmente, irmãos, nós vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus que, como de nós recebestes, quanto à maneira por que deveis viver e agradar a Deus, e efetivamente estais fazendo, continueis progredindo cada vez mais;” (1Tessalonicenses 4.1, BEARA).

Mas como vivemos? Isto podemos ler do versículo três ao sete, que afirma que devemos nos santificar, nos abster da prostituição, possuir o próprio corpo em santificação e honra, que não devemos ceder aos desejos e paixões, pois Ele não nos chamou para a impureza. E precisamos entender que quem ama não usa o outro para atender os desejos e necessidades próprias.

Quanto ao amor fraternal, devemos amar uns aos outros, como está no versículo nove e amar não se trata de gostar muito, mas de servirmos, ajudarmos, sermos instrumentos na vida dos outros para que possam conhecer o Pai e Sua vontade, iluminando o entendimento, sendo modelo. Precisamos viver tranquilamente, trabalhar e nos portar com dignidade, como está nos versículos onze e doze.

Viver o reino de forma digna, da maneira que agrada a Deus, não se trata do quanto somos religiosos, mas na maneira, como Cristo, revelamos o Pai ao mundo e manifestamos a Sua justiça, conduzindo as pessoas ao Seu conhecimento e vontade e como as ensinamos a serem um ser humano como Ele planejou.

Anúncios