O que é viver a vontade de Deus?

foto por: Andrew Hughes em Unsplash

Temos e precisamos compreender que tendo sido feitos novas criaturas, que recebemos da vida de Deus, partilhamos da Sua natureza, devemos viver como Ele e não conformando com a maneira de pensar natural, devemos ter o entendimento transformado pelo que seja a vontade de Deus, para andarmos revelando e expressando os valores do reino.

Paulo, na carta aos Romanos, nos chama para transformar o entendimento e não conformar com a forma de pensar deste século,  fazendo de nossas vidas a oferta que agrada a Deus, como está no capítulo doze, versículos um e dois: “Rogo-vos, pois,irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo,santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12.1–2, BEARA) .

E depois de nos falar isso, ele ensina sobre o seu significado, e afirma que o amor deve ser sem hipocrisia, não se apegar ao mal, mas ao bem (v.9-10), devemos ser zelosos com os valores do reino (v.11), devemos nos alegrar sempre na esperança (v.12), precisamos entender que alegria nada tem a ver com felicidade. Compartilhar as necessidades (v. 13), abençoar a todos (v. 14), compartilhar os sentimentos com os outros (v.15), não sermos orgulhosos (v.16), fazer o bem e ter paz com todos (v. 17-18), não procurar a própria vingança (v. 19), ajudar a todos, principalmente os inimigos e não se deixar vencer pelo mal (v.20-21).

Quando temos o entendimento transformado? Quando compreendemos o que Cristo fez com relação a nós, quando Ele se sacrificou por amor a nós, e tendo esse entendimento e compreendendo que somos a expressão de Cristo, feitos à Sua imagem, não temos outra alternativa que fazer essas coisas que Ele fez.

Anúncios