Uma oferta: a reconciliação

foto por: Patrick Fore em Unsplash

Nas Escrituras constavam a promessa e em Mateus, capítulo um, versículo vinte e um, está a sua concretização: “Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.” (Mateus 1.21, BEARA).As coisas não ocorrem por acaso, Deus não foi corrigindo o rumo, mas, através das pessoas, imperfeitas como nós, cumprindo o Seu propósito e culminando em Cristo Jesus, no Seu nascimento, que é a presença visível do Deus invisível entre nós, nos trouxe a salvação, a reconciliação com Ele.

Jesus, a oferta do Pai em nosso favor, para que pudéssemos receber da Sua vida, para que Ele como o cordeiro de Deus, por meio da Sua obra na cruz em nosso favor, por causa do Seu amor por nós, se ofereceu, para que na cruz, cumprisse a justiça e pudéssemos ser reconciliados com Ele, para que fôssemos feitos novas criaturas, criados à imagem conforme a semelhança de nosso Deus, e assim, vivêssemos neste mundo como filhos, revelando e manifestando a Sua vida aos homens.

Ele nos reconciliou para que O revelássemos ao mundo, para que fizéssemos da nossa vida uma oferta em favor dos outros, com o objetivo de conhecerem o Pai, para que aprendam conosco a viver segundo a vontade de nosso Deus e assim, ofertem suas vidas em favor de outros.

 

 

Anúncios