Uma salvação que revela exemplo

ben-white-148435

foto por: Ben White em Unsplash

A expressão da salvação se dá pelo revelar de exemplos que traduzem arrependimento e o entendimento da justiça e da vontade de Deus para as nossas vidas. A história de Zaqueu é uma tradução simples da vontade de Deus e do Seu querer quanto a nós filhos.

Em Lucas dezenove, versículo cinco ao dez podemos ler esta história: “Quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa. Ele desceu a toda a pressa e o recebeu com alegria. Todos os que viram isto murmuravam, dizendo que ele se hospedara com homem pecador. Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais. Então, Jesus lhe disse: Hoje, houve salvação nesta casa, pois que também este é filho de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido.” (Lucas 19.5–10, BEARA).

Zaqueu precisava fazer o que fez depois de conhecer Jesus? Sabemos que não, pois ele não tinha a obrigação de repartir e a lei determinava o dobro de uma obra de defraudação. Mas o que ele faz? Ele reparte a metade de sua riqueza e devolve em quatro vezes mais a todos aqueles que havia defraudado.

Uma obra de salvação conduz a pessoas a compreender quem ele é em Cristo e qual o seu propósito de vida entendendo que deve ser exemplo, modelo e responsável por ensinar com relação a Jesus, outros para que possam fazer o mesmo.

Anúncios