Como se dá o crescimento da igreja

mike-wilson-113304

foto por: Mike Wilson em Unsplash

O reino cresce não pelo nosso empenho e esforço no sentido de falar dele, mas no entendimento que somos filhos e vivemos neste mundo expressando o Pai, revelando a Sua natureza aos homens e que neste ato é que quererão conhecer esta vontade e a ela se submeterem.

Neste processo de crescimento, Jesus comparou o reino a uma massa com fermento, como podemos ler em Lucas, no capítulo treze, nos versículos vinte e vinte e um: “Disse mais: A que compararei o reino de Deus? É semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.” (Lucas 13.20–21, BEARA).

O Reino cresce na maneira como interagimos, reagimos e agimos com as pessoas. Se trata do quanto nossas ações estão alinhadas com o que falamos, de como vivemos e o quanto somos imitadores de Deus e manifestamos as Suas virtudes.

Como um fermento na massa, somos colocados por Deus, no meio das pessoas, tanto em nossas famílias, no trabalho, escola, rua, na sociedade de modo geral para que, sendo exemplos e Seus imitadores, possamos revelar Cristo e conduzir as pessoas no processo de conhecimento, crescimento e expressão do Pai ao mundo, e assim, possam ensinar a outros a fazerem o mesmo.

Anúncios