A apostasia nos últimos tempos

Parece ser a verdade, mas é apostasia

foto por: Joshua Sortino em Unsplash

Apostasia é a separação, a deserção da fé, é o abandono do fundamento que norteia a nossa vida que é a fé. Vivemos pelas promessas de Deus, debaixo da Sua vontade em obediência e na expressão da Sua vida. Viver o reino e a vontade de Deus implica em morrermos para a natureza humana (morrer para nós), tomarmos a cruz e andarmos segundo o modelo de Cristo, imitando-O em Suas obras.

Paulo escrevendo a Timóteo, fala que nos últimos tempos as pessoas abandonarão a fé, que se apostatarão, como está no capítulo quatro, do versículo um ao cinco: “O Espírito de Deus diz claramente que, nos últimos tempos, alguns abandonarão a fé. Eles darão atenção a espíritos enganadores e a ensinamentos que vêm de demônios. Esses ensinamentos são espalhados por pessoas hipócritas e mentirosas, pessoas cuja consciência está morta como se tivesse sido queimada com ferro em brasa. Essas pessoas ensinam que é errado casar e que é errado comer certos alimentos. Mas Deus criou esses alimentos para que aqueles que crêem e conhecem a verdade os comam depois de terem feito uma oração de agradecimento. Tudo o que Deus criou é bom, e, portanto, nada deve ser rejeitado. Que tudo seja recebido com uma oração de agradecimento porque a palavra de Deus e a oração tornam todos os alimentos aceitáveis a ele!” (1Timóteo 4.1–5, NTLHE).

Quando ele fala de ensinos que vêm de demônios está falando de um ensino sob a perspectiva natural, pois tudo que procede da natureza humana é demoníaco. Precisamos pensar e refletir como temos vivido e o que temos buscado. Que tipo de “experiência” queremos ter em Deus? Buscamos a satisfação de nossos desejos? Queremos que Ele nos salve das situações e nos livre?

Quando o que buscamos está voltado para nós e o que temos ouvido enche os nossos corações, pois está relacionado somente em nos salvar, então o que temos vivido é uma religião que não tem nada a ver com o reino de Deus e a Sua vontade e não está fundamentado em uma vida por fé, baseado nas Suas promessas, mas na satisfação de nossos desejos e em salvar a nós mesmos das situações que vivemos. Precisamos, se assim temos feito, abandonar estes ensinos e nos voltarmos para o evangelho de Cristo, que fala em morrer e fazer da nossa vida uma oferta em favor dos outros.

Anúncios