Ser um exemplo, um modelo para os outros

Somos modelo para os outros

foto por: Caroline Hernandez em Unsplash

O evangelho revela as boas novas de Deus aos homens e nos conduz ao entendimento que temos que ser imitadores de Cristo como filhos amados de Deus. Para sermos imitadores e bons exemplos a outros para que possam compreender essa vontade e a Ele se submeterem, precisamos reconhecer que temos que negar a nós mesmos, tomarmos a cruz para seguirmos o modelo que Ele nos deixou.

Paulo escrevendo aos irmãos de Tessalônica, na sua primeira carta, capítulo um, versículos seis e sete afirma: “E vocês seguiram o nosso exemplo e o exemplo do Senhor Jesus. Embora tenham sofrido muito, vocês receberam a mensagem com aquela alegria que vem do Espírito SantoDesse modo vocês se tornaram um exemplo para todos os cristãos das províncias da Macedônia e da Acaia.” (1Tessalonicenses 1.6–7, NTLHE).

Quando as pessoas compreendem e vivem a vontade de Deus? Quando ouvindo o que falamos e vendo o que fazemos têm um modelo a ser seguido de como viver a vida cristã. Precisamos entender que somente conduzimos as pessoas ao conhecimento e à vontade de Deus quando fazemos da nossa vida uma oferta em favor delas, oferecendo os nossos membros à prática da justiça, por entendermos quem somos e o que recebemos de Deus.

Não vivemos o evangelho e nem o Reino de Deus na teoria, mas somente por meio de uma vida prática, ensinando e sendo exemplo para outros de como viver o evangelho neste mundo, manifestando Deus e a Sua vontade às pessoas. Precisamos entender que temos que ser modelos, exemplos para outros para que possam imitar a Cristo Jesus, o Senhor.

Anúncios