Seguir o exemplo de Cristo

Precisamos nos lembrar de duas coisas importantes: uma é que não somos perfeitos e que temos uma luta permanente entre os desejos da carne e o vivermos a vontade de Deus e a segunda é nunca nos esquecermos quem somos Nele, pois Ele nos fez filhos, nos deu do Seu Espírito, nos capacitou para rejeitarmos as paixões e desejos humanos (a sabedoria deste mundo) para vivermos segundo a Sua vontade (sabedoria espiritual) e que quando caminhamos rumo à maturidade, deixando para trás as coisas de crianças, revelamos Cristo ao mundo por meio de nossos atos.

Tendo este entendimento, não nos resta alternativa que não sermos imitadores de Cristo como Paulo nos chama para sermos. Isto está na sua primeira carta aos Coríntios, no capítulo onze, no versículo um: “Sigam o meu exemplo como eu sigo o exemplo de Cristo.” (1Coríntios 11.1, NTLHE).

Seguir o exemplo, trata de tomarmos as mesmas decisões e ao compreendermos o cenário, ao termos entendimento da situação à nossa volta, sabendo quem é Deus e Sua oferta em nosso favor, assim como Cristo que podendo se livrar do Seu sacrifício e mesmo desejando e pedindo tal coisa ao Pai, se submete à Sua vontade. Da mesma maneira temos Paulo, pois sendo quem era e tendo o que tinha, nega e rejeita tudo em favor do evangelho para que pudesse levar a mensagem de salvação a todos os lugares.

Vivermos o Reino, cumprirmos a vontade de Deus, mesmo tendo escolha de poder fazer diferente, nos sujeitarmos à vontade do Senhor, reconhecendo que ela está acima dos nossos desejos. Temos e precisamos compreender que as pessoas são mais importantes que as coisas.

foto por: Priscilla Du Preez on Unsplash

Anúncios