Um viver que agrada a Deus

A vida que agrada a Deus não está relacionada ao que fazemos ou ao entendimento de como devemos viver, o que podemos fazer ou não, mas, se nos preocupamos com o irmão e no quanto fazemos para manter a paz e principalmente se ele está sendo edificado pelas nossas atitudes.

Paulo discutindo este assunto, sobre o que podia comer ou não, se devia guardar dias ou não, menciona na carta aos Romanos, no capítulo quatorze, no versículo treze: “Por isso paremos de criticar uns aos outros. Pelo contrário, cada um de vocês resolva não fazer nada que leve o seu irmão a tropeçar ou cair em pecado.” (Romanos 14.13, NTLHE).

O importante é não fazer nada que leve o irmão imaturo a cair. Devo me preocupar com a sua edificação, seu fortalecimento, por isso ele completa do versículo quinze ao dezessete: “Se você faz com que um irmão fique triste por causa do que você come, então você não está agindo com amor. Não deixe que a pessoa por quem Cristo morreu se perca por causa da comida que você come. Não deem motivo para os outros falarem mal daquilo que vocês acham bom. Pois o Reino de Deus não é uma questão de comida ou de bebida, mas de viver corretamente, em paz e com a alegria que o Espírito Santo dá.” (Romanos 14.15–17, NTLHE). E então no dezoito, afirma: “E quem serve a Cristo dessa maneira agrada a Deus e é aprovado por todos.” (Romanos 14.18, NTLHE). E no dezenove ele declara: “Por isso procuremos sempre as coisas que trazem a paz e que nos ajudam a fortalecer uns aos outros na fé.” (Romanos 14.19, NTLHE).

Para concluir no vinte um: “ O que está certo é não comer carne, não beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa que leve um irmão a cair em pecado.” (Romanos 14.21, NTLHE).

Quando entendemos que não se trata do que “nós” cremos, do que podemos ou não fazer mas, do quanto “nós” nos oferecemos em favor do outro, do quanto trabalhamos pela paz, unidade, o quanto nos preocupamos com a relação, com o crescimento e amadurecimento do outro, então começamos a entender o que seja o Reino de Deus, Sua vontade e o que significa ser agradável a Ele e serví-Lo.

Anúncios