Temos resistido a Deus?

Temos resistido a Deus?

foto por: Wesley Armstrong em Unsplash

Em Atos, diante do operar de Deus, Pedro, questiona a si mesmo com relação às tradições e regras que tinha aprendido, como podemos ler em Atos, capítulo onze, do versículo quinze ao dezessete:

Quando, porém, comecei a falar, caiu o Espírito Santo sobre eles, como também sobre nós, no princípio. Então, me lembrei da palavra do Senhor, quando disse: João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo. Pois, se Deus lhes concedeu o mesmo dom que a nós nos outorgou quando cremos no Senhor Jesus, quem era eu para que pudesse resistir a Deus?” (Atos dos Apóstolos 11.15–17, RA).

Temos agido como Pedro quanto ao operar de Deus? Ou temos nos prendido às nossas regras e tradições que aprendemos e resistido a Ele? Priorizamos a forma de pensar deste mundo ou temos aprendido a andar na verdade, glorificando ao Senhor e fazendo o que Lhe agrada? São nestas questões que precisamos repensar o tempo todo, pois muitas vezes deixamos de viver e fazer o que é da vontade do Pai porque isto vem a quebrar o estado atual das coisas, colocando-nos, muitas vezes em situações complicadas, como foi com Pedro, mas não devemos agir diferente dele, pois não podemos resistir ao que Deus deseja fazer.

Quando priorizamos as nossas tradições e regras, podemos estar resistindo a Deus, sabendo que deveríamos estar agindo de forma diferente no cumprir da Sua vontade, quando insistimos em uma forma de viver que não glorifica o Seu nome e nem revela a Sua vontade, somente nossa religiosidade.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE