Honrar e cuidar sobrepõe a mandamento e regra

Honrar e cuidar sobrepõe a mandamento e regra

foto por: Tatiana Byzova em Unsplash

 

Por não entendermos o propósito dos mandamentos e vontade de Deus, muitas vezes nos tornamos religiosos, praticando regras e não andamos segundo a Sua vontade, como Jesus ensina em Mateus, capítulo quinze, do versículo quatro ao seis:

“Pois Deus disse: “Respeite o seu pai e a sua mãe!” E disse também: “Que seja morto aquele que amaldiçoar o seu pai ou a sua mãe!” Mas vocês ensinam que, se alguém tem alguma coisa que poderia usar para ajudar os seus pais, em sinal de respeito, mas diz: “Eu dediquei isto a Deus”, então não precisa ajudar os seus pais. Assim vocês desprezam a mensagem de Deus para seguir os seus próprios ensinamentos.” (Mateus 15.4–6, NTLHE).

O que Jesus está ensinando? Quando priorizamos as regras e desprezamos as necessidades das pessoas. Quando damos o dízimo, mas deixamos de ajudar os nossos pais, na realidade estamos vivendo uma hipocrisia, andando segundo o pensamento de homens e não conforme a vontade de Deus.

Somos chamados para expressarmos misericórdia, compaixão e graça, não para vivermos somente na obediência de regras que Deus não criou e nem impôs. Precisamos entender o significado dos mandamentos, para não distorcermos segundo a nossa conveniência religiosa.

Cuidar das pessoas, revelar compaixão, misericórdia e amor é mais importante para o nosso Deus, pois revela o verdadeiro culto que a simples obediência a regras sem entendimento e criadas segundo homens.