A paciência como expressão de confiança

A paciência expressão do fruto do Espírito, é a manifestação do conhecimento e compreensão da vontade de Deus, é a revelação de que vivemos pelas promessas Daquele que nos chamou das trevas para a Sua luz, é manifestarmos de maneira consciente, o nosso grau de maturidade e a fé que temos em nosso Deus e Pai.

Temos o exemplo de Abraão, pois mesmo tendo falhado quanto a promessa, querendo resolver a situação para Deus quanto ao herdeiro, esperou por Ele e pelo cumprimento da promessa quanto ao filho.

Podemos ler sobre isso em Hebreus, no capítulo seis, versículo quinze: “Abraão teve paciência e por isso recebeu o que Deus havia prometido.” (Hebreus 6:15, NTLH). E podemos, também, em salmos, no capítulo quarenta, versículo um o mesmo tipo de paciência revelado em Davi, como ele declara: “Esperei com paciência pela ajuda de Deus, o Senhor. Ele me escutou e ouviu o meu pedido de socorro.” (Salmos 40:1, NTLH).

Nem sempre as coisas acontecem na velocidade que gostaríamos e nem no tempo que gostaríamos, mas precisamos, se é uma promessa de Deus, esperar pelo seu cumprimento e não começarmos a agir com arrogância, querendo resolver o problema por Ele, como foi o caso de Abraão, que ouviu a Sara e através da serva queria resolver a questão do herdeiro.

A nossa paciência revela a confiança  e o conhecimento de Deus, quanto mais impacientes, mais queremos resolver as coisas por meio das nossas ações, mais revelamos a nossa imaturidade e a falta de confiança em Deus.

Anúncios