De valores a aparência

De valores a aparência

foto por: Stephen Leonardi em Unsplash

Na primeira carta de Paulo a Timóteo, capítulo quatro, do versículo um ao três, ele afirma:

“O Espírito de Deus diz claramente que, nos últimos tempos, alguns abandonarão a fé. Eles darão atenção a espíritos enganadores e a ensinamentos que vêm de demônios. Esses ensinamentos são espalhados por pessoas hipócritas e mentirosas, pessoas cuja consciência está morta como se tivesse sido queimada com ferro em brasa. Essas pessoas ensinam que é errado casar e que é errado comer certos alimentos. Mas Deus criou esses alimentos para que aqueles que crêem e conhecem a verdade os comam depois de terem feito uma oração de agradecimento.” (1Timóteo 4.1–3, NTLHE).

Abandonar a fé é deixarmos de viver segundo as promessas, é abandonarmos os valores espirituais que devemos não só aprender, como também ensinar, conduzindo as pessoas à maturidade. Quando abandonamos a fé (como acontece com muitos), deixando os valores espirituais de lado, andando pela forma de pensar deste mundo, focando em controlar as pessoas ensinando-as sobre uma religião, como um serviço a Deus que O agradará, temos que entender que tudo isso não passa de ensino de demônio.

Quando começamos a pensar que regras, mandamentos e que o foco está no fazer, estamos deixando a fé. Precisamos de entendimento dos valores eternos, para que ao conhecermos a obra de Deus em nossas vidas e o propósito que temos, possamos viver fundamentados nas Suas promessas.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLEPODCAST