O que expressamos, não o que falamos!

O que expressamos, não o que falamos

foto por: chris Pickett em Unsplash

Muitas vezes pensamos que o crer é expressão do que falamos, mas não se trata só de palavras, pois quando cremos, somos levados a agir segundo o que cremos, portanto, somos filhos de Deus, não porque falamos e cremos em Cristo como Salvador, mas porque vivemos alinhados e praticando obras que expressam a nossa crença, pois andamos como Cristo.

Em certa ocasião Jesus fala sobre quem eram os membros da família de Deus, como podemos ler em Lucas, do capítulo dezenove a vinte e um: “A mãe e os irmãos de Jesus vieram até o lugar onde ele estava, mas, por causa da multidão, não conseguiam chegar perto dele. Então alguém disse a Jesus: A sua mãe e os seus irmãos estão lá fora e querem falar com o senhor. Mas Jesus disse a todos: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a mensagem de Deus e a praticam.” (Lucas 8.19–21, NTLHE).

O que expressa a nossa fé, não são as nossas palavras, mas as nossas atitudes frente ao que Cristo afirma sobre nós, pois a fé vem do conhecimento de Sua palavra e ela nos conduz a agirmos como Ele para expressarmos a obra que Deus realizou em nós, fazendo de nós uma nova criatura, um ser espiritual à imagem de Cristo, por isso, a fé somente se revela em obras e somente somos filhos de Deus se fizermos a caminhada rumo à maturidade e a expressão de Cristo.