Conversas macias e bajulação

Conversas macias e bajulação

foto por: My pictures are CC0 em Pixabay

Paulo escrevendo aos Romanos, no capítulo dezesseis, versículos dezessete e dezoito, afirma:

“Meus irmãos, peço que tomem cuidado com as pessoas que provocam divisões, que atrapalham os outros na fé e que vão contra o ensinamento que vocês receberam. Afastem-se dessas pessoas porque os que fazem essas coisas não estão servindo a Cristo, o nosso Senhor, mas a si mesmos. Por meio de conversa macia e com bajulação, eles enganam o coração das pessoas simples.” (Romanos 16.17–18, NTLHE).

Qualquer ensino que não traduz e nem nos conduz a sermos imitadores de Cristo, a compreendermos o que recebemos de Deus, a Sua obra em nossas vidas, não nos levando ao verdadeiro culto à Ele que envolve fazermos de nossas vidas oferta em favor das pessoas para que possam conhecer a Sua vontade, é conversa macia e bajulação que não nos ensina a sermos discípulos de Cristo.

Devemos fugir de todo tipo de ensino que não nos conduz à cruz, a negarmos a nós mesmos, a rejeitarmos a natureza humana e a sermos imitadores de Cristo, pois os valores eternos se revelam no sacrifício que agrada a Deus, qualquer coisa diferente é conversa macia e bajulação.

Ouça no Spotfy e também no: Deezer, GooglePosdCast e CastBox