Ser diligente no realizar

Ser diligente no realizar

foto por: Damián Luzzi em Pixabay

Paulo em sua segunda carta aos Coríntios, capítulo oito, versículo sete e oito, fala sobre a diligência desses irmãos em realizar as coisas, como podemos ler:

Vocês mostram que, em tudo, são mais ricos do que os outros: na fé, na palavra, no conhecimento, na vontade de ajudar os outros e no nosso amor por vocês. E nesse novo serviço de amor queremos também que façam mais do que os outros. Não estou querendo mandar em vocês. O que eu estou querendo é que conheçam o entusiasmo com que as igrejas da Macedônia deram ofertas, para que assim vocês vejam se o amor de vocês é verdadeiro ou não.” (2Coríntios 8.7–8, NTLHE).

Ele está tratando da questão da ajuda das igrejas a Jerusalém e nós precisamos entender que devemos ser diligentes em tudo que realizarmos, comprometidos com os princípios e fundamentos, para expressarmos em nossas ações o entendimento e o empenho no fazer, não por obrigação, mas como oferta que agrada a Deus.

Precisamos aprender que tudo que fizermos, devemos fazer com todo empenho e compromisso, revelando sempre diligência no realizar para que o nosso Deus e Pai seja glorificado por meio de nossas ações.

Ouça completo no agregador de podcast de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLEPODCAST