Rejeitando o mais importante

foto por: Emre em Unsplash

Quando observamos os ensinos de Jesus e compreendemos quem Ele é e a Sua obra em nosso favor, entendemos quando Ele afirma o que Lucas registrou no capítulo vinte, versículo dezessete:

Mas Jesus, fitando-os, disse: Que quer dizer, pois, o que está escrito: A pedra que os construtores rejeitaram, esta veio a ser a principal pedra, angular?” (Lucas 20.17 RA).

Ele Cristo, é a pedra angular estabelecida por Deus para ser o fundamento de todas as coisas dentro da Sua vontade. É sobre Ele, o âmago designado pelo Pai, também, a pedra angular que sustenta toda a construção do Seu templo, no qual somos as pedras vivas. Nós rejeitamos Cristo como fundamento, não quando O negamos por meio de nossas palavras, mas quando não nos comprometemos com Ele e nem com a vontade do Pai, não santificamos o nosso proceder, não rejeitamos as obras das trevas, não nos despimos da natureza humana. Quando insistimos em andar segundo a maneira de pensar do mundo, revelando a natureza humana, estamos negando e rejeitando Cristo e a Sua obra. O nosso compromisso é um só: revelar o Pai por meio de nossas vidas, enchendo a terra com o conhecimento de Sua glória, agindo como imitadores de Cristo. Quando atuamos e permanecemos em andar no padrão estabelecido por Deus e que fomos capacitados, estamos honrando o que Ele fez em nosso favor.

Quando insistimos em andar segundo a natureza humana, estamos rejeitando o mais importante de tudo, que é Cristo, o Senhor da glória, pois negamos a Sua obra, declarando que o que Ele fez é incapaz de nos conduzir na vontade do Pai.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE