Nossa mãozinha

“Ora, Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos; tendo, porém, uma serva egípcia, por nome Agar, disse Sarai a Abrão: Eis que o Senhor me tem impedido de dar à luz filhos; toma, pois, a minha serva, e assim me edificarei com filhos por meio dela. E Abrão anuiu ao conselho de Sarai. Então, Sarai, mulher de Abrão, tomou a Agar, egípcia, sua serva, e deu-a por mulher a Abrão, seu marido, depois de ter ele habitado por dez anos na terra de Canaã. Ele a possuiu, e ela concebeu. Vendo ela que havia concebido, foi sua senhora por ela desprezada.” (Gênesis 16.1–4 RA).

Quando queremos resolver as questões para Deus, em nosso tempo, tendemos a criar mais empecilhos para nós do que efetivamente resolver o problema. Assim como Abrão ouvi a Sarai e adotou a sua solução, criando o maior inconveniente, assim, fazemos em muitas situações. Ao entendermos a vontade de Deus e a Sua promessa, devemos andar segundo o que Ele nos conduz e não buscarmos atalhos como se pudéssemos dar uma “mãozinha” a Ele, pois certamente não estaremos contribuindo para os processos que Ele tem para nós.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s