Não podemos perder tempo com coisas sem valor

foto por: Mads Schmidt Rasmussen em Unsplash

Paulo instruindo a Timóteo em sua primeira carta, no capítulo seis, versículos vinte e vinte um afirma:

E tu, ó Timóteo, guarda o que te foi confiado, evitando os falatórios inúteis e profanos e as contradições do saber, como falsamente lhe chamam, pois alguns, professando-o, se desviaram da fé. A graça seja convosco.” (1Timóteo 6.20–21 RA).

Temos que compreender que devemos estar atentos e não perdermos tempo com coisas fúteis e sem valor para o reino de Deus e para o ministério que nos foi confiado. Discutirmos teorias e ensinos que não nos conduzirão à maturidade e revelar de Deus, implica que não estamos agindo para remir o tempo. Perdermos tempo, discutindo o que Deus não deixou claro e nos preocupando com teorias que tem mais origem no homem do que nas Escrituras não nos levará à vontade do Pai e nem em andarmos na verdade, podendo até nos levar a heresias e a nos afastarmos da fé que fundamenta nossas vidas. Somos chamados à maturidade para revelarmos Cristo Jesus por meio de nossas vidas, sendo Seus imitadores e andando na vontade Daquele que nos tirou das trevas.

O evangelho, o reino de Deus e o propósito de nossas vidas é revelá-Lo, praticando a justiça e andando na verdade e não para perdermos tempo em discussões do que Deus não deixou claro sobre como será e como Ele fará.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX,SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE