Condição para permanecer em Deus

Na primeira carta de João, no capítulo três, do versículo vinte e um ao vinte quatro, podemos observar a condição que revela que estamos em Deus:

Amados, se o coração não nos acusar, temos confiança diante de Deus; e aquilo que pedimos dele recebemos, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos diante dele o que lhe é agradável. Ora, o seu mandamento é este: que creiamos em o nome de seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o mandamento que nos ordenou. E aquele que guarda os seus mandamentos permanece em Deus, e Deus, nele. E nisto conhecemos que ele permanece em nós, pelo Espírito que nos deu.” (1João 3.21–24 RA).

O amor não é sentirmos, muito menos no gostar muito das pessoas porque atendem aos nossos interesses e desejos. Temos e precisamos compreender que revelamos e permanecemos em Deus, que estamos Nele e Ele em nós, porque manifestamos o Seu amor em nossas ações. Revelamos o amor quando amamos como Cristo e quando ofertamos as nossas vidas em favor uns dos outros para cumprirmos a vontade do Pai. Quando fazemos de nossas vidas oferta, praticando a justiça, manifestando o amor que Ele nos amou, expressamos que estamos Nele e que somos membros de Sua família.

Não temos outra maneira de revelarmos que estamos em Deus e Nele permanecemos que não pela observação da forma de viver que O agrada e revela o Seu reino, como por amarmos como Cristo, por praticarmos a justiça e repartirmos o que temos com quem precisa.

Ouça mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE