Comendo no mesmo prato

Comendo no mesmo prato

foto por: Priscilla Du Preez em Unsplash

Jesus falando aos discípulos, no capítulo quatorze, versículo vinte e vinte um afirma:

“ Jesus respondeu: — É um de vocês. É o que está comendo no mesmo prato que eu. Pois o Filho do Homem vai morrer da maneira como dizem as Escrituras Sagradas; mas ai daquele que está traindo o Filho do Homem! Seria melhor para ele nunca ter nascido!” (Marcos 14.20–21, NTLHE).

O que Jesus afirma sobre estar comendo com o traidor no mesmo prato, que na sequência celebrou a ceia com os discípulos e inclusive com o traidor, deve ser algo para repensarmos, pois queremos muitas vezes excluir da celebração da ceia aqueles que não compartilham dos mesmos dogmas que nós e não entendemos que Cristo compartilhou a ceia com todos, inclusive com quem já O havia traído.

Revelamos a nossa religiosidade nas exclusões que fazemos de quem pode ou não compartilhar a ceia conosco e não entendemos que devemos agir como Cristo e mostrar, inclusive na ceia, que devemos incluir todos, até mesmo quem está nos traindo.

A ceia é um momento que devemos repensar o que estamos fazendo e não tratar como um momento religioso. É um tempo para entendermos que devemos acolher, inclusive o traidor para que ele possa ter a oportunidade de arrependimento.

Ouça completo no SPOTFY ou nas plataformas: DEEZER, GOOGLE PODCAST ou CASTBOX