A obra sempre é de Deus

A obra sempre é de Deus

foto por: Jake Blucker em Unsplash

Como está em Atos, capítulo seis, versículo sete, compreendemos que a obra e o realizar é de Deus:

“A palavra de Deus continuava a se espalhar. Em Jerusalém o número dos seguidores de Jesus crescia cada vez mais, e era grande o número de sacerdotes judeus que aceitavam a fé cristã.” (Atos dos Apóstolos 6.7, NTLHE).

A conversão ao evangelho, o submeter às boas novas não é algo que fazemos pelo nosso esforço, mas é obra de Deus em cada vida, iluminando o entendimento e conduzindo cada um ao arrependimento. O que precisamos entender do nosso papel é que devemos ser imitadores de Cristo, testemunhando da vontade do Pai e andando segundo as Suas virtudes.

As obras que fazemos, o testemunho que damos, são os instrumentos de Deus para que as pessoas possam ter a oportunidade de conhece-Lo e a Ele se submeter. Podemos, segundo a vontade do Senhor, usar as técnicas  e métodos para chamar a atenção das pessoas, mas quem converte e conduz à cruz é o Espírito que atua em nossas vidas.

Não salvamos ninguém, mas somos instrumentos de Deus para a salvação de muitos quando andamos na Sua vontade.