Esquecendo o que viemos fazer

Não podemos nos esquecer do nosso papel e a razão do nosso viver para não nos prendermos a motivos religiosos ao invés de revelarmos as virtudes de Deus, expressando graça, misericórdia e justiça.