De quem devemos nos revestir?

Revestir de Cristo

foto por: Drew Coffman em Unsplash

A vida cristã se traduz na maneira como devemos viver e andar neste mundo, como nos posicionamos diante das pessoas, e compreendendo quem somos, agimos conforme a fé que temos naquilo que seja a obra de Deus em nós. Conhecer o que Ele fala sobre nós, entendermos a Sua vontade e nos sujeitarmos a ela, andando conforme o que Ele estabeleceu.

Paulo, na carta aos Colossenses, capítulo três, do versículo doze ao dezessete afirma: “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós; acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição. Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.” (Colossenses 3.12-17, BEARA).

Por que podemos viver dessa maneira? Esta é a questão mais importante, pois se de Cristo fomos revestidos, se temos da vida de Deus, se Ele nos capacitou, compartilhou conosco da Sua natureza, nos fez à imagem do Filho e nos deu a mente Dele, então, não temos outra maneira de viver que não seja como Ele viveu neste mundo, isto é, para revelar o Pai a todas as pessoas. Assim como Ele fez, devemos nós fazer, por isso, precisamos nos revestir de Cristo e sermos expressão do Pai no mundo. Ou devemos viver como uma pessoa natural que não conhece a Deus?

Anúncios