Ao vencedor

foto por: Zac Durant em Unsplash

Não se trata de uma recompensa pelo bom serviço e sim que devemos ter o entendimento que não podemos desistir, mas, precisamos compreender quem somos e vivermos segundo a vontade do Pai e conforme a Sua vocação e chamado para nós, pois todos que assim agem serão participantes do Seu reino.

Aqueles que perseveram até o fim serão vencedores e usufruirão do que Deus já preparou, por isso não podemos desanimar, mas devemos ser diligentes e perseverantes no cumprir da vontade do Pai.

Nos alimentaremos da árvore da vida, como está no capítulo dois, versículo sete de Apocalipse: “.. Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus.” (Apocalipse 2.7, BEARA). Não sofreremos o dano da segunda morte, como está no versículo onze: “ O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte.” (Apocalipse 2.11, BEARA). Comeremos do maná de Deus e receberemos um novo nome, como está no versículo dezessete: “Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe.” (Apocalipse 2.17, BEARA). E do versículo vinte e seis ao vinte e oito, que receberemos autoridade sobre as nações: “Ao vencedor, que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com cetro de ferro as regerá e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro; assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã.” (Apocalipse 2.26–28, BEARA).

Precisamos entender que não se trata de uma recompensa pelo bom serviço, mas é algo que Ele já prometeu a todos que andam segundo a Sua justiça, que não se deixam corromper pelos valores deste mundo, que não comunga do mesmo pensamento, que não andam segundo as paixões humanas e sim no amor de Cristo, que fazem de suas vidas a oferta em favor dos outros para que possam conhecer o Pai e a Sua vontade.

Anúncios