Capacitados para vivermos o Reino de Deus

foto por: Arūnas Naujokas em Unsplash

João Batista falou, Jesus reafirmou e precisamos entender que quando nascemos de novo, é do espírito. Somos reconciliados com o Pai, o Espírito vem habitar em nós. Somos revestidos Dele e nesta jornada, nos ajuda a compreender a vontade do Pai, lembrar de todas as palavras de Jesus, derramando abundantemente das virtudes do Pai em nossas vidas para testemunharmos e revelarmos o Reino aos homens.

Antes de subir aos céus, Jesus instrui aos discípulos que esperassem em Jerusalém, para que recebessem a autoridade, o batismo do Espírito Santo, como promessa. Isso está em Atos no capítulo um, versículos quatro e cinco: “E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes. Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.” (Atos dos Apóstolos 1.4–5, BEARA).

Precisamos compreender que a Igreja é resultado de sermos revestidos da autoridade, sermos batizados com o Espírito, de nos tornarmos Sua morada e compreender que por meio da obra de Cristo, pelo Espírito, somos unidos com Deus, nos tornamos um, uns com os outros, um com o Pai e com Cristo para podermos testemunhar do reino neste mundo.

Toda a vontade do Pai se cumpre neste momento, quando nascemos de novo, quando o nosso espírito é vivificado e passamos a ser morada de Deus, somos unidos com Ele, para que como família possamos revelar o reino entre as pessoas e fazer a Sua vontade conhecida.

Anúncios