Sobre a volta de Cristo, o Senhor!

jeremy-vessey-373599

foto por: Jeremy Vessey em Unsplash

Precisamos entender que Ele voltará, que precisamos estar atentos e que algumas coisas irão acontecer, como sinais referentes à Sua vinda, como está em Lucas, no capítulo vinte e um.Não podemos nos deixar enganar e nem pensarmos que Ele demora em cumprir Suas promessas. Jesus voltará para estabelecer o Seu reino e fazer a vontade do Pai cumprida, reunindo todos os Seus filhos.

Dentre as coisa que Ele nos alertou: Muitos virão em Seu nome (v. 8), guerras e revoluções (v. 9), nação contra nação (v. 10), terremotos, epidemias, fome, grandes sinais dos céus (v.11), perseguição aos cristãos (v. 12-13), serão entregues por pais, irmãos, parentes e amigos, matarão alguns, seremos odiados (v. 16-17), sinais no sol, na lua e nas estrelas, angústias entre as nações por causa do bramido do mar (v. 25), homens desmaiarão de terror, poderes dos céus que serão abalados (v. 26).

Quando essas coisas estiverem acontecendo, devemos erguer as nossas cabeças, pois a redenção está próxima (v. 28). E quando virmos acontecer essas coisas, precisamos compreender que está próximo o reino de Deus (v. 31).

No que devemos focar? No que Ele afirma do versículo trinta e quatro ao trinta e seis: “Acautelai-vos por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso coração fique sobrecarregado com as conseqüências da orgia, da embriaguez e das preocupações deste mundo, e para que aquele dia não venha sobre vós repentinamente, como um laço. Pois há de sobrevir a todos os que vivem sobre a face de toda a terra. Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem.” (Lucas 21.34–36, BEARA).

Temos que entender que não se trata de quando, mas de como estamos e como vivemos, pois é neste processo que ensinamos outros a viverem a vontade do Pai. Temos que estar atentos, isto é, vivendo segundo a Sua vontade, revelando o Seu reino neste mundo. Nisto está o nosso testemunho: ensinarmos sobre o Reino e sobre a vontade do Pai. Temos que entender que não importa quando, mas, como vivemos cada momento até que o Senhor volte.

Anúncios