Compromisso revelado na obediência

Compromisso revelado na obediência

foto por: Claudio Schwarz | @purzlbaum em Unsplash

Em Atos, no capítulo oito, do versículo vinte e seis ao vinte e oito, temos a expressão de compromisso, pela obediência, mesmo que não fizesse sentido, como podemos ler sobre a atitude de Filipe:

Um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Dispõe-te e vai para o lado do Sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza; este se acha deserto. Ele se levantou e foi. Eis que um etíope, eunuco, alto oficial de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todo o seu tesouro, que viera adorar em Jerusalém, estava de volta e, assentado no seu carro, vinha lendo o profeta Isaías.” (Atos dos Apóstolos 8.26–28, RA).

Quantos de nós estamos dispostos obedecer a determinação de ir para uma estrada deserta? Faremos sem questionar? Ou faremos questionamentos sobre a instrução recebida? A nossa disposição de obediência ao que Deus nos determina, revela o nosso compromisso com Ele, mesmo que aparentemente não faça sentido, como a situação de ir para uma estrada que era, normalmente, deserta. Assim como Filipe, precisamos aprender a fazer segundo as instruções que recebemos de nosso Deus, para que possamos ser o instrumento e expressão da Sua vontade.

Não se trata do quanto sabemos e conhecemos de forma teórica, mas se estamos dispostos a fazer segundo o que já conhecemos. Revelamos que somos filhos quando expressamos o compromisso pela obediência à vontade de Deus.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE