Por causa de uma oferta, recebemos a reconciliação

No evangelho de João, capítulo dezenove, versículos vinte e nove e trinta, lemos sobre o momento em que Cristo entrega o Seu espírito, consolidando a obra que veio realizar:

Estava ali um vaso cheio de vinagre. Embeberam de vinagre uma esponja e, fixando-a num caniço de hissopo, lha chegaram à boca. Quando, pois, Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado! E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito.” (João 19.29–30 RA).

Todo o processo realizado foi para viabilizar a nossa salvação, por isso a oferta de Cristo, a única e definitiva que levou à Sua condenação, morte e ressurreição, fazendo-Se pecado por nós, é que revela todo o amor de Deus em nosso favor e a Sua salvação pela graça. Por causa da Sua oferta, do que Ele fez por nós é que alcançamos a vida verdadeira que está em Deus e por meio do Seu sacrifício, recebemos o perdão e a vida que nos capacita para estarmos neste mundo como um filho de Deus, criado à imagem de Cristo, para revelar o Pai, enchendo a terra com o conhecimento da Sua glória.

Por causa da oferta de Cristo, que deu a própria vida em nosso favor, recebemos o perdão e a reconciliação com Deus para andarmos em Sua presença, capacitados para sermos Seus imitadores e enchermos a terra com o conhecimento da glória do Senhor.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE