Agirmos como Deus diante de todos

Enquanto não compreendermos a importância da santificação, partindo da compreensão de quem somos em nosso Deus e que o nosso papel é apresenta-Lo às pessoas, não caminharemos para a maturidade, para abandonarmos as obras das trevas e nos revestirmos de Cristo.

Temos que expressar o nosso Deus, pois quem nos recebe, deve receber o próprio Deus, pois só assim, as pessoas terão o entendimento iluminado e caminharão para a luz e para a Sua salvação.