O amor de Deus sendo revelado

No evangelho de João, capítulo três, quando Jesus fala sobre o novo nascimento, também entendemos o propósito da Sua vida e o amor de Deus que é revelado ao mundo, como podemos ler dos versículos dezesseis ao dezoito:

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” (João 3.16–18 RA).

Temos que entender que Cristo não veio para condenar, apontar os pecados, pois nós já estávamos condenados, mas com Ele, temos a esperança da salvação, da reconciliação com o Pai. Ele veio para que nós, compreendendo o Seu amor e sabendo que não existe esperança para nós, fôssemos alcançados por Sua salvação, pois Ele veio para nos resgatar e nos tirar das trevas, nos conduzindo à luz e a vontade do Pai. Quando rejeitamos a oferta de Deus, permanecemos nas trevas, condenados, separados Dele e sem a Sua vida, porém, quando nos submetemos e O reconhecemos como Senhor e Salvador, nos comprometemos com Ele, recebemos da vida para andarmos na verdade, revelando a Sua glória ao mundo.

O amor de Deus não se revela por sermos bons, mas porque estávamos perdidos e Ele nos concede em Cristo a esperança da salvação ao nos submetermos a Ele.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE