Chamados para vivermos para Cristo

Paulo, na segunda carta aos Coríntios, convoca os irmãos a viverem para Cristo, como podemos ler no capítulo cinco, versículos quatorze e quinze:

Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” (2Coríntios 5.14–15 RA).

A reconciliação recebida, a salvação de nossa alma, pela graça de Deus, por meio da obra de Cristo, não foi realizada para que continuemos a viver segundo os valores deste mundo, pois são pensamentos demoníacos e que não tem nada a ver com o andar na verdade e na vontade de Deus. Andarmos na verdade implica em nos sujeitarmos a Cristo como Senhor, aprendermos com o Seu exemplo, seguirmos o Seu modelo de sacrifício e oferta em favor da vontade de Deus e não em fazermos o que é de nosso desejo. Somos chamados para revelar a graça e o amor do Pai, pois o nossos viver é Cristo.

Fomos chamados para vivermos para Cristo, revelando-O ao mundo, os valores eternos do reino e a vontade do Pai e não insistirmos em andar segundo as trevas e a falta de entendimento.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE