Não são regras que nos impedem de revelar o reino

Não são regras que nos impedem de revelar o reino

foto por: Martín Berrios em Unsplash

No testemunho de Pedro e João, perante o Sinédrio em Atos, no capítulo quatro, do versículo dezoito ao vinte, podemos observar a quem devemos ouvir e obedecer:

Chamando-os, ordenaram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem em o nome de Jesus. Mas Pedro e João lhes responderam: Julgai se é justo diante de Deus ouvir-vos antes a vós outros do que a Deus; pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos.” (Atos dos Apóstolos 4.18–20, RA).

O nosso testemunho, a vida que revelamos, as palavras que proclamamos, a maneira como andamos não estão limitadas por regras, leis ou qualquer outra forma de imposição que queira estabelecer. Mesmo que não possamos nos reunir e nos vermos pessoalmente, nada nos impede de vivermos o reino de Deus, de andarmos na verdade, de praticarmos a justiça e expressarmos as Suas virtudes. Temos que entender que as palavras que proferimos e as nossas ações não estão limitadas a regras que possam nos impor, pois temos e precisamos viver segundo os valores eternos do reino, manifestando um estilo de vida que não é deste mundo. Vivemos o reino na terra, fazemos a vontade Daquele que nos tirou das trevas, pois revelar o Seu amor, graça, perdão, isto é, Suas virtudes, não está limitado a aparências, mas a uma maneira de viver que requer entendimento e conhecimento de Deus.

Vivemos o reino de Deus independente da realidade a que estamos inseridos, expressamos as Suas virtudes e justiça independente de onde e como estamos vivendo, pois se trata da maneira como nos relacionamos uns com os outros e O manifestamos às pessoas.

Ouça a mensagem completa no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE