Será que enxergamos?

Quando afirmamos que entendemos e compreendemos a vontade de Deus, será que de fato estamos entendendo? Isto porque se não andarmos como imitadores de Cristo, se não expressamos as Suas virtudes, estamos agindo como religiosos e não como pessoas que compreendem e enxergam a vontade do Pai.