Sempre o cuidado com os irmãos

Sempre o cuidado com os irmãos

foto por: Sasin Tipchai em Pixabay

Em atos no capítulo vinte, versículos um a três, podemos ler sobre o cuidado de Paulo com os irmãos:

“Quando acabou a confusão, Paulo mandou chamar os irmãos e falou com eles para animá-los. Então se despediu deles e foi para a província da Macedônia. Atravessou aquelas regiões, animando muito com as suas mensagens os cristãos. Aí chegou à província da Acaia, onde ficou três meses. Quando já estava pronto para ir à província da Síria, soube que os judeus estavam fazendo planos contra ele. Então resolveu voltar pela Macedônia.” (Atos dos Apóstolos 20.1–3, NTLHE).

Assim como ele, precisamos aprender a ter cuidado com as pessoas, em animá-las, ensiná-las, em perdermos tempo com elas, pois são as responsáveis pela propagação e pelo revelar do reino de Deus neste mundo. Não fazemos isso sozinhos, mas sim, o povo de Deus como uma família.

Ensinar, animar e assegurar que a vontade de Deus seja expressão em cada vida deve ser a nossa preocupação e cuidado com cada um.

Expressamos o nosso compromisso com o Pai e Sua vontade, quando, em todo o tempo e lugar, nos preocupamos com os irmãos em conduzi-los à maturidade e no revelar de Cristo.