Cumprindo a lei de Moisés

umprindo a lei de Moisés

foto por: Nathan Dumlao em Unsplash

Jesus ensinando em Mateus, no capítulo sete, versículo doze, afirma:

“— Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês; pois isso é o que querem dizer a Lei de Moisés e os ensinamentos dos Profetas.” (Mateus 7.12, NTLHE)

Quando Jesus disse que veio para cumprir a lei, não para abolir, é sobre essa questão que Ele estava falando. Se fizermos aos outros o que desejamos que façam conosco, estamos na realidade vivendo pelo mandamento: amar ao próximo como a nós mesmos. E Paulo ensinando disse que toda a lei e os profetas se resumem a este aspecto, pois quem ama não faz mal ao próximo.

Amar ao próximo como a nós mesmos, nada mais é que buscarmos não só os nossos interesses, mas também o interesse do outro. Quando vamos fazer as coisas, analisaremos o impacto das nossas ações, pois se for para prejudicar ao outro e como também não queremos ser prejudicados, então não faremos, pois amamos o outro como a nós mesmos.

E temos que perceber que não estamos falando de quem gostamos somente, mas de qualquer pessoa, até mesmo das pessoas que não nos causam bons afetos, pois se elas estiverem em dificuldades, não pensaremos duas vezes em ajuda-las, pois é o que queremos que façam conosco.

Cumprir a lei de Moisés não quer dizer falar sobre ela ou focar no que nos interessa em regras, mas de praticarmos a justiça estabelecida por Deus.