De tudo para ganhar algum

De tudo para ganhar algum

foto por:   James Eades em Unsplash

Todo nosso empenho e esforço devem estar focados em revelarmos o reino e entendermos que temos que ser oferta em favor das pessoas, para que possam conhecer a Deus. Devemos ser oferta em favor do evangelho, seus cooperadores, para que as pessoas possam conhecer a salvação ofertada.

Paulo ensinando aos irmãos de Corinto, capítulo nove, do versículo vinte ao vinte e três, afirma que fazia de tudo para ganhar algum para Cristo, tornando-se cooperador do evangelho: “Procedi, para com os judeus, como judeu, a fim de ganhar os judeus; para os que vivem sob o regime da lei, como se eu mesmo assim vivesse, para ganhar os que vivem debaixo da lei, embora não esteja eu debaixo da lei. Aos sem lei, como se eu mesmo o fosse, não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo, para ganhar os que vivem fora do regime da lei. Fiz-me fraco para com os fracos, com o fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns. Tudo faço por causa do evangelho, com o fim de me tornar cooperador com ele.” (1Coríntios 9.20–23, BEARA).

Compreendendo quem somos, nosso papel e propósito estabelecido por Deus, nós Seus filhos, membros do Corpo de Cristo, precisamos andar neste mundo como Paulo, fazendo de tudo para salvar alguns e assim, levá-los ao conhecimento de Deus e Sua vontade. Fazer isso não se trata de uma opção, mas de expressão do entendimento de que compreendemos a vontade do Pai.

 

Anúncios