A justiça de Deus se revela no evangelho

A justiça de Deus se revela no evangelho

foto por:   Jaron Mobley em Unsplash

Temos e precisamos compreender o que seja a justiça de Deus para não pensarmos segundo o entendimento natural, pois no evangelho temos a Sua justiça revelada por meio de Cristo que se ofertou em nosso favor para que pudéssemos receber da vida eterna do Criador e assim, vivermos neste mundo, separados, proclamando a Sua vontade e andando de fé em fé.

Paulo, na carta aos Romanos fala sobre esta questão no capítulo um, nos versículos dezesseis e dezessete: “Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.” (Romanos 1.16–17, BEARA).

A justiça de Deus não se expressa na nossa condenação e punição, pois segundo o que podemos compreender o que Paulo escreve na carta aos Romanos é que já estamos mortos e separados de Deus, mas Ele, na Sua justiça, se oferta em nosso favor, por meio de Cristo, para que morrendo na cruz, pudéssemos receber da vida eterna e andarmos em Sua presença pois fomos reconciliados por Sua morte.

Assim como a justiça de Deus se expressa na oferta, no repartir conosco da Sua vida, temos que compreender que agora, como novas criaturas, devemos agir como Cristo e sermos a oferta em favor das pessoas para que possam conhecer o Pai, sendo expressão da Sua graça, misericórdia e compaixão pelos homens, andando neste mundo não pelo que vemos, mas na convicção do que Deus fala sobre nós.