Uma questão de prontidão

Uma questão de prontidão

foto por:   Fernand De Canne em Unsplash

Não somos chamados para defender interesses humanos e a vontade da carne, mas para sermos expressão de Deus neste mundo, revelarmos a Sua justiça, fazermos a Sua vontade e proclamarmos as Suas virtudes.

Os apóstolos após terem sido presos por inveja, são libertos por um anjo e instruídos a continuar a ensinar em nome de Jesus, como podemos ler em Atos, capítulo cinco, do versículo dezessete ao vinte e um: “Levantando-se, porém, o sumo sacerdote e todos os que estavam com ele, isto é, a seita dos saduceus, tomaram-se de inveja, prenderam os apóstolos e os recolheram à prisão pública. Mas, de noite, um anjo do Senhor abriu as portas do cárcere e, conduzindo-os para fora, lhes disse: Ide e, apresentando-vos no templo, dizei ao povo todas as palavras desta Vida. Tendo ouvido isto, logo ao romper do dia, entraram no templo e ensinavam. ” (Atos dos Apóstolos 5.17–21, BEARA).

O que podemos observar? A prontidão à obediência a Deus e no realizar da Sua vontade independente do que poderiam lhes sobrevir, pois compreendiam que era mais importante fazer a vontade do Pai do que obedecer a determinações de homens religiosos que já tinha esquecido de suas responsabilidades.

Temos que entender que somos chamados para expressarmos Deus, falarmos da Sua vontade e ensinarmos sobre ela. Por isso, não podemos pensar na possibilidade de defender interesses pessoais, nem institucionais, mas em cumprir o nosso papel neste mundo revelando o Reino e manifestando a justiça e a plenitude do Seu conhecimento, estando sempre prontos para obedecer e até mesmo padecer por causa do nome do Senhor.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s