O testemunho das mulheres

O testemunho das mulheres

foto por:  Karl Magnuson em Unsplash

Entendermos os processos de Deus é extremamente importante para compreendermos o Seu modo de operar, pois se não o fizermos, não aprenderemos sobre o que Ele está fazendo. Na época de Jesus a mulher era tratada como um ser inferior, como propriedade do marido e o seu testemunho em casos de julgamento era de pouco ou nenhum valor, mas o que faz o Senhor? Ele as usa como as primeiras testemunhas de Sua ressurreição e se observarmos o Seu ministério, Ele as tratou de igual modo, com justiça e reconhecimento.

Na questão da ressurreição e o testemunho das mulheres, podemos ler em Mateus, capítulo vinte e oito, do versículo seis ao dez: “Mas o anjo, dirigindo-se às mulheres, disse: Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde ele jazia. Ide, pois, depressa e dizei aos seus discípulos que ele ressuscitou dos mortos e vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis. É como vos digo! E, retirando-se elas apressadamente do sepulcro, tomadas de medo e grande alegria, correram a anunciá-lo aos discípulos. E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram. Então, Jesus lhes disse: Não temais! Ide avisar a meus irmãos que se dirijam à Galiléia e lá me verão.” (Mateus 28.6–10, BEARA).

O que aprendemos? Primeiro que é improvável que a notícia da ressurreição fosse uma mentira. Segundo que Ele se revelou primeiramente às mulheres, reconhecendo a sua importância. Mas, no decorrer do desenvolvimento da igreja o que podemos ver é que, embora ainda procurava, nos ensinos, que se respeitasse os valores da sociedade, evitando conflitos, na igreja a mulher sempre foi tratada como igual e de extrema importância em seu papel no corpo de Cristo.

Temos exemplos de dedicação, oferta, compromisso, testemunhos, ensinos e condução das pessoas à maturidade, por isso, as mulheres não podem ser omissas quanto aos processos de Deus, assim, como o homem não pode se omitir de sua responsabilidade que tem perante o Pai e a Sua família.

Como estas mulheres foram exemplos de dedicação, oferta e testemunho da graça e do amor de Deus, que possamos aprender com elas e seus exemplos como devemos nos ofertar em favor do Corpo e do crescimento da família.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s