É pela graça, mas não é de qualquer jeito!

É pela graça, mas não é de qualquer jeito

foto por: Yenpo Chen em Unsplash

Jesus ensinou no evangelho de Mateus que o reino de Deus é uma festa, que foi preparada primeiramente para alguns, mas estes, por causa das demandas da vida, rejeitaram. Então o rei, estende o convide a todas as pessoas, manda que os seus servos convidem a todos. Só que para participar desta, teria que vestir as vestes nupciais que ele daria, não poderia participar de qualquer maneira. Durante a festa ele encontra um que não está vestido adequadamente.

Por isso, Jesus ensinando, afirmou em Mateus, capítulo vinte e dois, do versículo onze a treze: “Entrando, porém, o rei para ver os que estavam à mesa, notou ali um homem que não trazia veste nupcial e perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui sem veste nupcial? E ele emudeceu. Então, ordenou o rei aos serventes: Amarrai-o de pés e mãos e lançai-o para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes.” (Mateus 22.11–13, BEARA).

Embora a salvação seja pela graça, por meio da fé em Cristo, e que nós não podemos fazer nada por nós mesmos para alcançar, sermos dignos ou fazer parte, temos que nos vestir da justiça de Deus, pois Ele nos salva, nos faz seus filhos, dá nos da tua vida, nos capacita para vivermos segundo a Sua vontade, por isso, não dá para fazer de qualquer jeito, temos que nos submeter ao Senhor para glorificarmos o Seu nome.

Não se trata do que fazemos, mas de compreendermos quem somos e a obra de Deus em nossas vidas para usufruirmos da alegria de pertencer ao reino de nosso Senhor.

Anúncios