Agirmos como filhos de Deus

foto por: Randy Bitting em Unsplash

Quando compreendemos quem somos, o que recebemos de Deus, o fato de ter nos concedido de Sua vida, derramado da Sua graça e amor em nós, por meio do Espírito Santo que em nós habita, que somos o Seu templo, não podemos viver de maneira diferente de quem Ele é, precisamos ser diligentes na prática de obras que O revelam às pessoas, conduzindo-as ao Seu conhecimento e vontade.

Por isso, entendendo como devemos agir; como Jesus ensina em Mateus, capítulo cinco, versículo quarenta e oito: “Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.” (Mateus 5.48, BEARA).

Não podemos ter outro parâmetro para nortear a nossa vida e nossas ações, pois se recebemos do Espírito, se compreendemos que fomos libertos do domínio do pecado, se entendemos que fomos capacitados para vivermos neste mundo como Seus filhos, pois recebemos da Sua natureza e podemos rejeitar as paixões humanas, não existe qualquer motivação para andarmos de forma diferente de um filho.

Temos que entender que temos que ser diligentes na prática das boas obras, que precisamos santificar o procedimento, rejeitando todas as obras das trevas e andando como filhos que glorificam o Pai.