Paciência no esperar das promessas

Paciência no esperar das promessas

foto por: Mar Bustos em Unsplash

Não vivemos pelo que vemos, nem pelo que tocamos, mas, pelas promessas de Deus, e as vemos mesmo que não a tenhamos alcançado, na convicção que são um fato em nossas vidas porque quem a proclamou é fiel para cumprir.

Assim foi com Abraão que nos ensina sobre esperar em Deus, como está em Hebreus, capítulo seis, versículo quinze: “E assim, depois de esperar com paciência, obteve Abraão a promessa.” (Hebreus 6.15, BEARA).

A paciência é expressão do fruto do Espírito que recebemos de Deus e que nos ensina, com perseverança e diligência revelando o Seu nome e proclamando em obras e palavras a Sua vontade.

Ser paciente e esperar as promessas não é algo que dependa do nosso esforço, mas de conhecermos o Pai e confiarmos no que Ele afirma sobre nós, mesmo que não vejamos, pois somos expressão das palavras proferidas por Ele.

Anúncios