Chamados para sermos luz no mundo

Chamados para sermos luz

foto por: Paweł Czerwiński em Unsplash

Somos chamados para sermos luz no mundo, sermos expressão da plenitude de Cristo por meio da Igreja, o Seu Corpo, para revelamos o Pai, sermos expressão da Sua graça, misericórdia e bondade com as pessoas, não para sermos religiosos, mas, filhos de Deus, que O revelam ao mundo.

Em Lucas, capítulo onze, versículo trinta e três, Jesus ensina sobre isso: “Ninguém, depois de acender uma candeia, a põe em lugar escondido, nem debaixo do alqueire, mas no velador, a fim de que os que entram vejam a luz.” (Lucas 11.33, BEARA).

Compreendemos o que quer dizer: “ser luz”, “iluminar”? Se não entendermos vamos agir de forma equivocada, sendo religiosos, focando no que não tem importância, mas, na aparência, não no que nos move, mas em regras que criamos. Não somos chamados para sermos religiosos, mas, para expressarmos o nosso Deus ao mundo.

A igreja, o Corpo de Cristo, onde fomos inseridos como membros, é para sermos oferta em favor do mundo, por isso, precisamos aprender a nos ofertarmos para que haja crescimento, amadurecimento e o revelar da vontade do Pai por meio da Sua família.

Anúncios